Curiosidades

A decisão de abrir um processo contra uma empresa é algo que implica diversos fatores, portanto é importante pensar bem e avaliar tudo.

O primeiro passo é contatar o Sindicato – cada atividade possui um Sindicato para representar os direitos do trabalhador – entre os descontos que são feitos no pagamento do empregado, é descontado uma parte da contribuição sindical, o que implica no acesso aos benefícios que são oferecidos pelo órgão, como uma assessoria jurídica.

Processo trabalhista

É importante que tenha todas as informações atualizadas quanto a CLT, que é o que define os direitos do trabalhador, aqui já cabe um dos deveres da empresa, em que todos os funcionários devem ser registrados dentro do prazo de 48 horas após o acordo dos direitos e deveres trabalhistas.

Antes de abrir qualquer processo é importante ter em mãos todos os documentos comprovatórios do período do trabalho, como: contrato de experiência, registro na carteira de trabalho, comprovantes de pagamentos e recibos, registros de frequência e testemunhas.

É importante lembrar que a lei dá um prazo de até 5 anos após a saída do funcionário da empresa para que ele possa entrar com ação trabalhista.

Como entrar com ação trabalhista contra empresa

Para dar início ao processo trabalhista, o trabalhador deve procurar a Vara do Trabalho da sua região, e levar todos os documentos pessoais como RG, CPF, carteira de trabalho e os comprovantes de trabalho já citados acima.

O reclamante pode escolher se vai ou não ser representado por um advogado, caso sim, deverá haver uma procuração assinada pelo mesmo.

Não existe um prazo definido para o processo ser deferido, existem diversos tipos de processos e causas trabalhistas, o que pode levar mais tempo para ser definido pelo juiz do caso.

Após a apresentação dos documentos, é marcada a primeira audiência em uma data próxima, na tentativa de um acordo ou conciliação. Caso não ocorra um acordo de ambas as partes, o processo parte para a parte de investigação, ouvindo as testemunhas, analisando as provas, então é remarcado uma nova audiência, se mais uma vez o caso não for resolvido, segue para julgamento.

Os corredores podem ter resistência nas estradas – mas e entre os lençóis? Os exercícios longos consomem energia para outros tipos de exercícios? E como corredores de elite conseguem fazer bebês enquanto correm mais de 100 milhas por semana?

De acordo com especialistas e corredores, a corrida pode melhorar o desempenho, e não apenas nas corridas.

Auto-estima saudável  


Muitos corredores relatam que correr aumenta seu desejo por um teste no feno. “Ser ativo é um potente afrodisíaco para mulheres e homens”, disse Tina Penhollow, professora associada do Departamento de Ciências do Exercício e Promoção da Saúde da Universidade Florida Atlantic.

O que explica essa conexão? Confiança é uma chave.

Em uma pesquisa anual com corredores da Brooks, 41% dos entrevistados disseram que se sentem bem depois de uma corrida, com 54% sendo estimulados pelo aumento de energia e 51% dizendo que isso faz com que se sintam fortes e confiantes.

“Você tende a ter uma libido aumentada quando está orgulhoso de si mesmo”, disse Julia Levitt, obstetra e ginecologista em Chicago.

Correr aumenta a auto-estima, e pesquisas mostram que as pessoas que se exercitam têm uma imagem corporal mais positiva e se sentem mais desejáveis ​​e confiantes no quarto. “Eles se sentem bem em seus corpos”, disse Ian Kerner, terapeuta sexual na cidade de Nova York. “Eles são realmente capazes de traduzir isso para o sexo, onde se sentem livres e confortáveis ​​e, em maior medida, desinibidos.”

Não só a corrida ajuda a vida sexual; o sexo pode ajudar a corrida. “Se qualquer coisa, eu acho que o sexo pode ser útil para o treinamento porque eu acho que fortalece meus quadris e pode ser um pouco de cardio extra”, disse um corredor feminino que detém um sub-17: 00 5K PR. “Meu namorado, um corredor competitivo e eu às vezes estou de bom humor antes de treinos muito importantes, como corridas longas ou treinos, e vamos transar e nos referimos a isso como um ‘aquecimento’.”

Sopa química 
Além disso, a corrida aumenta as endorfinas – contribuintes conhecidos para a alta do corredor – junto com os neurotransmissores serotonina e dopamina. A serotonina promove sentimentos de felicidade e bem-estar, e a dopamina tem um grande papel na excitação e na excitação.

E, embora o exercício inicialmente aumente o hormônio do estresse, o cortisol, à medida que o corpo se adapta ao treinamento, os níveis de cortisol diminuem. “Por tudo isso, é melhor você viver com sua própria sopa química de coisas maravilhosas que estão acontecendo em todo o seu corpo”, disse Pamela Peeke, porta-voz do Colégio Americano de Medicina Esportiva e autora de Fit to Live .

A segunda maior cidade do Pará, Santarém, é uma cidade portuária fluvial sonolenta e interessante. De barco, são cerca de 50 horas a montante de Belém, e vale a pena parar se você estiver subindo ou descendo a Amazônia entre Belém e Manaus. Além de oferecer um vislumbre em primeira mão da cultura amazônica, a região possui tesouros naturais de grande beleza que podem facilmente transformar qualquer “escala” em uma semana de estadia. O destino mais popular são as praias de areia branca da vizinha Alter do Chão, que são famosas (e não injustamente) empolgadas pelo escritório estadual de turismo como o “Caribe amazônico”. Embora Santarém receba menos chuva do que Belém ou Manaus, o entorno A paisagem rural, em grande parte intacta, é uma mistura cênica de zonas úmidas e florestas tropicais. Faça uma das várias viagens para cima e para baixo no Rio Tapajós.

Santarém está localizada na confluência do Rio Tapajós e do Rio Amazonas, e o “encontro” das águas azul-esverdeadas do Tapajós com o leitoso marrom-avermelhado do Rio Amazonas é um espetáculo que rivaliza com a mais celebrada fusão do Rio Negro. com o Rio Solimões em Manaus. Durante a estação seca (junho-dezembro), o Tapajós recua por vários metros, expondo uma cadeia sedutora de praias arenosas apoiadas por vegetação verdejante. Lá você pode ter detalhes exclusivos sobre como funciona o sistema de trânsito do Pará.

Como fonte de vida e sustento, o Rio Tapajós tem uma longa história que remonta às primeiras civilizações das Américas. Evidências arqueológicas revelam a presença de grupos indígenas pré-históricos que pescavam ao longo das margens dos rios e plantavam milho nas colinas férteis ao redor de Santarém. Nos rochedos que cercam a cidade de Monte Alegre, eles deixaram pinturas em cavernas e rochas que datam de 12 mil anos. Outras escavações desenterraram cacos de cerâmica que provaram ser muito mais antigos do que a maioria dos vestígios de povos indígenas nas Américas.

A cultura indiana ainda estava prosperando quando os primeiros europeus chegaram no início do século XVI. Santarém foi fundada em 1660 como um posto missionário jesuíta. Os índios Tapajós que não foram convertidos ao cristianismo foram subseqüentemente escravizados, massacrados, levados para a selva ou exterminados por doenças infecciosas. Além do comércio de especiarias como pimenta, cravo e baunilha, a pequena cidade permaneceu isolada até meados do século XIX, quando explodiu em um próspero centro comercial, como resultado do boom da borracha na Amazônia. Ironicamente, foi em Santarém que as sementes foram semeadas pelo dramático desaparecimento da borracha amazônica. O culpado era um inglês chamado Henry Wickham, que se mudou para cá em 1874 e logo depois começou a contrabandear preciosas sementes de borracha para o Kew Gardens de Londres. Da Inglaterra, mudas foram enviadas para plantações nas colônias britânicas do Ceilão e da Malásia. No final do século, as plantações asiáticas produziam borracha em maior quantidade e muito mais barato do que aquelas no meio da selva brasileira. Como resultado, o florescente boom da borracha na Amazônia faliu.

Dia 12 de outubro está chegando e as crianças não vêem a hora de comemorar o seu dia. Muitas delas contam nos dedos o momento em que vão ter em seus braços aquele presente desejado, uma nova roupa ou uma viagem inesquecível. Muitas festas acontecem também para celebrar o dia das crianças, principalmente nas escolas, igrejas e orfanatos. Essas festas são super divertidas, repletas de comidas, brincadeiras e músicas para o dia das crianças.

Se você está em dúvida sobre quais músicas selecionar para festejar o dia das crianças, confira a lista abaixo com as 10 músicas que não podem faltar no dia das crianças:

10 – Razões e Emoções (NxZero)

A banda de emocore brasileira de maior sucesso na atualidade, além de atrair a atenção de adolescentes apaixonados, faz a festa com a criançada. A música Razões e Emoções foi composta pelos integrantes da banda e está no disco que leva o nome dos garotos lançado em 2006. Razões e Emoções está entre as cifras de músicas mais procuradas na internet.

9 – Levo Comigo (Restart)

O maior sucesso atual entre adolescentes e principalmente crianças, o Restart inovou em seu som e principalmente na sua aparência. Esse foi um dos fatores que mais chamaram a atenção das crianças que elegeram a música Levo Comigo, gravada em 2010, como o principal hit da banda.

8 – Ursinho Pimpão (Balão Mágico)

Um dos maiores clássicos da história da música para crianças, Ursinho Pimpão do grupo Balão Mágico foi gravada na década de 80, mas até hoje contagia. Mesmo os adultos, que eram crianças na época do lançamento, cantam e procuram pela cifra dessa música, mantendo viva a história do Balão Mágico.

7 – Lua de Cristal (Xuxa)

A Rainha dos Baixinhos não poderia ficar de fora dessa lista. A música Lua de Cristal, que embalou um dos filmes de maior sucesso do cinema nacional, encanta as crianças e as fazem pular e cantar toda vez que a música é tocada. A Xuxa será sempre querida entre as crianças.

6 – Pelados em Santos (Mamonas Assassinas)

Mesmo com uma curta trajetória, a banda Mamonas Assassinas fez muito sucesso no cenário musical brasileiro, principalmente com as crianças. Até hoje, os sucessos da banda embalam as festas das crianças, principalmente a música Pelados em Santos, o primeiro grande sucesso da banda paulistana.

5 – Meteoro (Luan Santana)

Como o nome da música já diz, Luan Santana é o novo meteoro da música brasileira. O garoto faz sucesso com as pessoas de todas as idades, principalmente entre as crianças. A força da música sertaneja fez com que o ritmo caísse no gosto da criançada e Luan Santana é um dos maiores sucessos. A música foi composta por Sorocaba e gravada em 2009.

4 – Sorte Grande/Poeira (Ivete Sangalo)

Ivete Sangalo arrasta multidões de crianças por onde passa. A identificação dos pequenos com a rainha do axé é forte e fiel. A música Sorte Grande, gravada no ano de 2003, é o maior sucesso da cantora e a preferida entre as músicas para o dia das crianças.

3 – Baby (Justin Bieber)

O astro pop Justin Bieber é o maior ícone mundial da música adolescente. Apesar de não ser o público principal, as crianças também adoram curtir as canções do pequeno astro. A música Baby foi lançada em 2010 e faz parte do primeiro álbum de Justin, My World.

2 – Rebelde (RBD)

O grupo mexicano dominou as paradas de sucesso no Brasil por muito tempo. O grupo, oriundo das novelas, arrastava multidões por onde passava e com as crianças não foi diferente. Aproveitando o sucesso na televisão, o RBD lançou a música Rebelde, tema principal da novela, no ano de 2004 e até 2008, quando a banda se separou, essa música foi uma das mais tocadas no Brasil.

1 – Maria Chiquinha (Sandy e Júnior)

Qual criança que nunca ouviu e interpretou a hilariante história da música Maria Chiquinha, cantada por Sandy e Júnior? Ela está entre as cifras de músicas mais procuradas na internet e possui uma longa história. Muitos não sabem, mas a música foi composta na década de 60 por Geysa Bôscoli e Guilherme Figueiredo.